Transplante Osseo na Real

Um diario sobre o tema

Folhas de inverno…

folhas de inverno…..

Vendo as folhas caindo pela janela da sala de tração penso nas páginas de minha vida que se vão. E nas que estão aqui, em meu coração. Folhas muito coloridas, resenhadas, desenhadas, revisadas, em branco.

Massagem relaxante. Essa foi a tônica da minha quinta feira, preparando-nos para o reencontro que viria breve, muito antes que soubesse.

“aquela moca, gritou Lucas, lindo bebe”. E ali me dei conta de que há cinco anos eu morri para dar vazão a uma nova larissa. A lala do transplante ósseo. A lala que pulou varias fogueiras mas que matou aquela namorada apaixonada. Ali so havia tempo para Justica. Qual Justiça?

 Hoje, ouço minha alma de novo, o palpitar do coração. The day will keep it enough. Talvez eu tenha sobrevivido aos transplantes, a queda, as 10 fraturas somente para dizer isso. Deixar isso para você.

Na massagem senti o quanto minha coluna e ombros pagam o preco de reaprender a andar. Infinitas dores, inchaço. Mas a esperança na bagagem. E que ela nao morra jamais. Como as cores de Frida Kalo. Pois quando morre, acaba.

Sentada numa feijoada de sexta feira, após a sessão tortura de tração, quando meu joelho chegou a 70 graus e ainda insisto em nao acreditar que conseguirei sem a remoção da placa, reencontro com Fortes. Um filme em minha mente. Tantas aulas de jornalismo, de Beatles, de vida. Tantos papos cabeça… Tudo acabou nos 30 segundos em que conclui a fratura de femur, distal, há exatos 2 meses operada. Hoje… Reencontros, a tônica deste final de semana. Reencontros com minha essência.

E volto a tração, como se precisasse manter meus dois pés bem firmes no chão para poder me recuperar a alma, o corpo, a alma de novo. E trazer a tona esse Serginho que já amo tanto… Numa primavera que a VIDA me brinda…

Hoje pintei mais uma folha: na presença de um querido casal de amigos, com a bênção dos seus filhos lindos e maravilhosos,  senti paz. E forca. Hoje fez 2 meses da cirurgia, e eu estou entre os que amo. 

Que a vida venha pintar cada pagina como numa linda tela colorida de ternura, compaixão, amor, sedução, paixão, perdão, emoção.

Hoje nao tem Sakamoto, tem U2, just….
Stay
Green line, Seven Eleven
You stop in
For a pack of cigarettes
You don’t smoke
Don’t even want to
Hey! Now check you change
Dressed up like a car crash
The wheels are turning
But you’re upside down
You say when he hits you
You don’t mind
Because when he hurts you
You feel alive
Is that what it is?

Red light, gray morning
You stumble
Out of a hole in the ground
A vampire or a victim
It depends on who’s around
You used to stay in
To watch the adverts
You could lip synch
To the talk shows
And if you look
You look through me
And when you talk
Is not to me
And when I touch you
You don’t feel a thing

If I could stay
Then the night would give you up
Stay
Then the day would keep its trust
Stay
and the night would be enough

Faraway, so close
Up with the static and the radio
With satellite television
You can go anywhere
Miami, New Orleans
London, Belfast and Berlin
And if you listen
I can’t call
And if you jump
You just might fall
if you shout
I’ll only hear you

If I could stay
Then the night would give you up
Stay
Then the day would keep its trust
If I could stay
With the demons you drowned
Stay
With the spirits I found
Stay
And the night would be enough

Three o’clock in the morning
It’s quiet and there’s no one around
Just the bang and the clatter
As an angel runs to ground
Just the bang and the clatter
As an angel hits to ground…

Anúncios

No comments yet»

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: