Transplante Osseo na Real

Um diario sobre o tema

Andando na real…

“Que hei de fazer se de repente a manhã voltar?
Que hei de fazer?
— Dormir, talvez chorar”.
Manoel de Barros

Domingo de visita mais que especial na Capital Federal. Além de conhecer a bela Lili, rever Hele, querida amiga. Ideal pra citar Manoel de Barros, poeta da terra, certo? Vamos ao Cantinho da Lala desta semana! (…)

Na última segunda-feira, sentada no consultório esperando meu cirurgião me chamar pra vermos os raios x da cirurgia de redução de fratura do Fêmur, pensei: Como é possivel uma pessoa se submeter a cirurgias grandiosas para estética?

Naquele momento olhei ao redor e vi de criança a idoso buscando recuperar os movimentos e andar. Queriam apenas, como eu, a chance de viver com qualidade e sem dor.

Enquanto isso, vejo mulheres já muito bonitas querendo por silicone e aumentar os bustos; homens que bebem cerveja e demais bebidas alcoólicas sem limites usufruindo de uma lipoaspiração e demais técnicas para perder “gordura” localizada. Aí-aí. Espero que Sérgio ou Vitória compreendam que uma cirurgia sempre agride o corpo. E só deve ser feita em casos extremos. O amor pela gente e pelo outro vem da alma, da admiração. O corpo é um invólucro. Que deve ser cuidado com respeito e carinho. Mas por SAÚDE…

Como eu teclei semana passada, graças à Forca transmitida a mim pelo Ser Supremo, voltei a andar. CALMA! Risos. Apenas em casa.

Assim como descrevi no Diário de um transplante osseo, na real, dois – livro no qual relato minhas experiências com as cirurgias de transplante, voltar a andar exige disciplina, disciplina, disciplina.

A sensação de reaprender a andar pela sétima vez, em primeira mão? Uma forte pressão na sola do pé, cansaço extremo e muita força a ser posta nos braços, nas muletas. Quem quiser pode ver o vídeo dos primeiros passinhos, dados nessa terça-feira na Capital Federal, com minha fisioterapeuta Nanda.

Mas… Eis que, apesar de tudo parecer fluir ok, os calafrios e mal estar persistem. Nao tão ruins quanto semana passada, mas ainda estão aí. Procurei um infectologista amigo e que conhece bem meu corpo e … Assim como no livro, nos transplantes, parece que a boa e velha osteomielite ronda. Os leucócitos estão tocados na casa dos 12 mil, com direito a leucócitos reativos, bastões e segmentados com o triplo do normal. Mas… PCR e VHS continuam normais, lembrando que nós, que tomamos imunomoduladores para controle da artrite, muitas vezes temos infecção sem ter essas taxas alteradas.

O jeito é esperar pra ver e localizar: onde esta a infecção?

Enquanto isso? Continuo a curtir a “gravidez” do Sérgio, ou Vitória. Fico imaginando o rostinho dele, ou dela, pra ensinar, como diz Manoel de Barros, que o bicho-homem tem que respeitar a natureza, o rio, o mar. E amar. Somente isso! E que venham as conquistas e derrotas da semana, para seguirmos pro mar.

Bola dentro no Rio e Sampa…
01) A Secretaria de Estado de Saude (SES) do Estado do Rio de Janeiro, em parceria com a Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Estado de Segurança; Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) e Núcleo de Lavagem de Dinheiro da Polícia Civil divulgaram, sexta-feira passada, resultados da Operação Saldo Zero. A operação resultou no mandado de prisão e na prisão de acusados de incluir mais de 40 funcionários fantasmas na folha de pagamento da Secretaria. “Após a descoberta no HEAPN (Hospital Estadual Adao Pereira Nunes), a SES começou um processo de verificação de presença com os gerentes de RH de todas as unidades e detectou outros 42 funcionários fantasmas na mesma situação”, explicou Pedro Henrique Di Masi, subsecretário Jurídico da SES. Segundo o subsecretário de Inteligência da Secretaria de Estado de Segurança, Fábio Galvão, a operação continua e não exclui a participação de outras pessoas. As investigações começaram em março. Os prejuízos à SES são da ordem de R$ 220 mil, mas o Ministério Público calcula que, até o fim do ano, os cofres públicos seriam lesados em até R$ 3 milhões caso a fraude não fosse descoberta. De acordo com Di Masi, não há possibilidade de o problema ter ocorrido em outros concursos temporários. Para blindar ainda mais o sistema de contratações da SES, a Superintendência de RH da secretaria, em conjunto com a ATI, desenvolve mecanismos de segurança para evitar problemas similares futuros. Segundo Di Masi, “estamos pesquisando acionar a Procuradoria para entrar com uma ação contra os acusados para ressarcir o erário”, finalizou.
Fonte: http://www.saude.rj.gov.br

02) Um verdadeiro “pente fino” feito pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo tem ajudado a prevenir que anticoncepcionais com defeito sejam distribuídos na rede pública paulista. Nos últimos quatro anos, pelo menos 1,3 milhão de unidades foram retiradas de circulação pela Vigilância Sanitária Estadual, com base em análises feitas pelo Instituto Adolfo Lutz, órgão da pasta.
Fonte: http://www.sp.saude.gov.br

Petisco 1
Gestao compartilhada: Termina nesta semana, dia 6/7, a Consulta Pública 43: Atualização do Padrão de Troca de Informação na Saúde Suplementar (Padrão TISS), da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A sociedade poderá participar da consulta pública, que envolve, entre outros aspectos, questoes de ORTESES e PRÓTESES. Ate 6/7, quarta-feira, participe pela internet, em http://www.ans.gov.br.

Abrapar: Toda SEGUNDA, 14h30, tem encontro dos pacientes reumáticos na Capital Federal. Sempre na 912/4 sul, Clube Previ.
Fone: (61) 3425-2662

TRANSPARENCIA: Acesse o Portal Saude e confira como os Estados e Municípios vem utilizando os recursos federais na Gestão do Sistema Único de Saude.
Fonte: http://www.saude.gov.br

Anúncios

No comments yet»

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: