Transplante Osseo na Real

Um diario sobre o tema

Voz do Brasil: hospital amplia atendimento em traumato-ortopedia

Nesta última semana, dia 09/06, a Voz do Brasil – veículo de rádio que traz notícias dos Três Poderes – exibiu reportagem sobre a ampliação do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into). O material foi veiculado no trecho referente ao Poder Executivo, sob produção da Central de Jornalismo da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) com edição de Kátia Sartório. Confira o texto da reportagem:

 REPÓRTER:

A obra da nova sede do Into está localizada na Avenida Brasil, a maior e mais importante do Rio de Janeiro. O investimento de 118 milhões de reais na construção vai permitir que o número de salas cirúrgicas aumente de oito para 21. As salas de consulta que hoje são 14 passam a ser 61; e 100 novos leitos de internação vão ser disponibilizados. O prédio também vai abrigar o primeiro centro de infecção osteoarticular da América Latina, além de outros 22 novos centros de tratamento específicos. Mais 77 milhões de reais vão ser aplicados em compras de equipamentos e material. O coordenador da Unidade Hospitalar do Into, Naasson Cavanelas, dá mais detalhes:

 INTO: Esse novo projeto inclui também a construção de um outro prédio, que vai abranger toda a área de pesquisa. O novo complexo vai abrigar uma área de reabilitação enorme, um auditório para 600 pessoas, inclusive salas cirúrgicas com possibilidade transmissão via satélite.

 REPÓRTER:

As obras vão aumentar em ate quatro vezes a capacidade cirúrgica. Como conseqüência, a espera media para atendimento deve diminuir de 36 para 12 meses. Hoje, 19 mil brasileiros aguardam para fazer cirurgias no hospital. Criado em 1994, pelo Ministério da Saúde, o Into é considerado por especialistas um centro de excelência. Agora, o objetivo é levar o tratamento a um número bem maior de pessoas, uma antiga reivindicação do Conselho Estadual de Saúde do Rio de Janeiro – segundo o conselheiro Orani Francisco Araújo:

 CEM-RJ: A fila de espera do Into é enorme. Com essa unidade funcionando, acreditamos que em dois anos todas as carências e demandas em ortopedia, no estado e até no Brasil, possam cessar e, então, com uma semana ou duas, possamos tratar aquilo de que a sociedade precisa.

 REPÓRTER:

A jornalista e paciente do Into, Larissa Jansen, recebeu com felicidade a notícia de ampliação dos serviços do hospital, mas criticou a demora para que essa decisão fosse tomada.

 Aos 7 anos, Larissa ficou sabendo que tinha uma doença que causas deformidades ósseas. Usou cadeiras de rodas por quatro anos e passou por cirurgias nos Estados Unidos. Mas as fortes dores voltaram. Até que descobriu o Into, onde fez um transplante ósseo. Mas apesar da gravidade do caso dela, a espera para o tratamento, no Into, foi de um ano.

 PACIENTE: Voltei a dirigir. Saio, levo uma vida normal. Semana passada mesmo a gente fez uma festa de confraternização. Eu acho que é isso: viver a vida, sabe. Que é o melhor que tem….

 REPÓRTER:

A inauguração do novo prédio do Into está prevista apara junho de 2010 – mas pode acontecer antes disso, tendo em vista que a obra – iniciada há um ano – já esta quase na metade.

 De Brasília, Flavia Peixoto

VOZ DO BRASIL – PODER EXECUTIVO

Anúncios

4 Comentários»

  andreia pinto xavier wrote @

Boa noite! gostaria de receber noticias sobre a inauguraçao ou antecipaçao da data prevista do “NOVO INTO” e se aproveitarao os aprovados no concurso do ministerio da saude realizado no ano de 2005.desde ja muito obrigada!

  larissajansen wrote @

Verificar, por gentileza, junto ao Into (Recursos Humanos). Envio do seu e-mail ja seguiu aos responsaveis.

  Carlos Ramalho wrote @

Aparentemente, estão a surgir novos tratamentos de reconstituição da cartilagem do joelho, como, por exemplo, PRP, formação extra corpórea de cartilagem a partir da cartilagem do doente e reinserção da nova cartilagem na área lesionada, uso de células tronco.

Não obstante tais avanços, se é que realmente existem, não consegui encontrar médico que use estes novos enfoques, embora pareça haver alguns cujas consultas têm preços muito elevados para mim e cujos procedimentos não parecem estar assentados em estudos abalizados – pois é tudo muito novo.

Em razão disto, solicito-lhes a gentileza de informar-me a quais instituições eu posso recorrer – hospitais, consultórios etc. – para que seja avaliada a conveniência de tratamento reconstituinte da cartilagem do joelho.

Agradeço antecipadamente pela eventual resposta.

  larissajansen wrote @

Oi Ramalho! Vc deve recorrer ao INTO – grupo do joelho. Há informações em http://www.into.saude.gov.br. Tb hospital das clínicas e santa casa, ambos de são paulo. Hospital das clínicas do Paraná. E há alguns consultórios que posso indicar, se desejar. Esses são campos de pesquisa.
Um abraço e espero ter ajudado,

LARISSA JANSEN
http://www.transplanteosseo.wordpress.com


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: